quinta-feira, 10 de abril de 2014

Amarelo na educação


Adoro encontrar flores amarelas em meu caminho, especialmente quando o sol se esconde, pois elas me proporcionam alegria, energia e criatividade. Dizem que além de propiciar prosperidade, estimulam as atividades mentais e o raciocínio. Esta linda penca de flores encontro na rua em que trabalho. Não é maravilhoso ser recebida assim?
Na educação, costumo trabalhar com as obras de Van Gogh levando os  alunos a observarem como o pintor usou o amarelo em suas obras. A partir daí, explico a influência da cor sobre nossas ondas cerebrais, inclusive ressaltando que o excesso pode ter efeito nocivo levando à dispersão. São aulas culturais e ao mesmo tempo criativas pois para finalizar cada um cria sua própria obra de arte.


terça-feira, 8 de abril de 2014

Futuros profissionais

O que se espera de um profissional? Algumas características são consideradas imprescindíveis hoje em dia, tais como: trabalhar em equipe, ser pro-ativo e falar em público. Por isso, como formadoras do futuro profissional, as escolas não podem se furtar a desenvolver estas habilidades.
Formar cidadãos capazes de trabalhar em equipe envolve tempo e constante observação. Os alunos precisam ser ensinados a dividir tarefas, estabelecer prazos e respeitar a opinião dos outros sem concentrar demais o poder de decisão.
A iniciativa dever ser motivada e valorizada a cada ideia, sugestão ou tarefa recomendada.
Finalmente, além de técnicas sobre como falar em público, projetos que favoreçam essa experiência motivam e despertam o entusiamo em sala de aula.
Parece difícil? Basta um pouco de imaginação!

Certa vez, minha filha, ainda no fundamental I, teve que, em duplas, organizar e apresentar um programa de TV de culinária. Foi muito interessante porque elas selecionaram a receita, aprenderam a fazer, organizaram como seria apresentado e ainda montaram o cenário. Jamais esquecerei como elas assistiram programas de TV para aprender a fazer, os livros de receita lidos e a alegria durante o ensaio. Tudo foi gravado e apresentado para os pais em uma reunião. Na verdade, neste projeto elas aprenderam a trabalhar em duplas, escrever uma receita, fazê-la, apresentá-la e ainda tiveram que lidar com a ansiedade e nervosismo de apresentar não só para os amigos da classe ,mas também saber que tudo estava sendo gravado. São treinos para a vida.

domingo, 23 de março de 2014

Butterflies in my stomach


Em inglês, existe a expressão “ butterflies in my stomach”. Quando eu era criança, imaginava que ao visitar um lugar como o  Parque das Aves (Foz do Iguaçu) ou o Vale das Borboletas ( Minas Gerais), algumas borboletas fossem engolidas e ficassem borboleteando por nosso estômago. Até imaginava, as asinhas batendo nas paredes do estômago e fazendo cócegas. Com o tempo, fui entendendo que, na verdade, é a DONA ANSIEDADE, que causa esta sensação estranha. É um misto de querer avançar no tempo para que saibamos exatamente o que ocorre e, ao mesmo tempo, não querer que chegue nunca.
Quando sentimos isso? Antes de provas, eventos, promoções e até de viagens. Com essas borboletas danadas voando em nosso estômago, fica difícil parar de pensar e, ao mesmo tempo, insistimos em pensar.
Para controlar as danadas voadoras, fico pensando no multicolorido de suas asas, e fico rindo de mim mesma e de meus sentimentos. Antes da viagem, as borboletas tomam conta de meu ser, porém antes da volta, eles desaparecem dando lugar a outro mix de sentimentos, alegria do retorno que matará saudades dos que ficaram e a já saudade de uma viagem que ainda não acabou.
Ser humano é bem complicado!

quinta-feira, 6 de março de 2014

Sombra

Com meu avô, embaixo de um chapéu de sol aprendi que uma árvore produz frutos, flores e sombra. Nestes dias de calor, tenho lembrado muito dele quando vejo um frondoso chapéu de sol oferecendo sombra para os pés que estão queimando na calçada, para o alívio do sol na cabeça ou nos olhos ou até para a repentina chuva de verão. Fiquei pensando que às vezes também somos sombra para quem precisa de acolhida, descanso ou um papo amigo, porém, em outras, precisamos receber e descansar antes de continuar a jornada. Oferecer alguns momentos de sombra ou recebê-los, sempre um momento de reflexão.
Esteja recebendo ou oferecendo sombra, agradeça sempre pela oportunidade e faça-o de coração aberto.

Visite meu bloghttp://www.consideracoessobreeducacao.com.br/:

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Garantido e caprichoso

Até que ponto vai o ciúmes entre irmãos? Bem, historicamente, posso remeter-nos a Caim e Abel como o exemplo do que a inveja mesmo entre irmãos pode levar a causar. Porém, prefiro ater-me a histórias menos dramáticas embora bem sintomáticas.
A capacidade brilhante para arranjar assuntos para disputas seria capaz de humilhar até o mais criativo dos artistas com toda a filosofia e até a inspiração greco-romana. Camões então ficaria boquiaberto com a criatividade de meu filho caçula.Eu mesma acho que ele será o próximo Manoel Carlos- autor de novelas da Globo. Bem ,vamos lá.Meu filho tentou explicar-me porque compete tanto com a irmã contando-me a seguinte versão:
“Mãe, minha irmã já tem seu lugar Garantido. Por isso só me resta ser o Caprichoso. Ela por ser a mais velha já é a mais inteligente, mais bonita, mais educada, a que já fez mais coisas..enfim, tem lugar garantido e nada a tirará do seu trono de campeã invicta. Portanto, volto a dizer que resta-me ser o caprichoso. Tenho que me esforçar muito para ser pelo menos igual. Busco incessantemente algo que ela não goste ou não tenha feito para que eu, o Caprichoso, possa dedicar-me e tentar superá-la. Ela, em contrapartida, nada precisa fazer, está e estará sempre Garantida.”

Agora é a minha vez dizer que só me resta rir e escrever sobre o assunto. Nada que eu faça ou diga provará o contrário. Pelo menos, serve-me de consolo que meu filho, o Caprichoso, não só entende bem do folclore nacional como ainda cria em cima! É, definitivamente, ele tem criatividade para filosofar em qualquer ocasião. Haja argumentos!!
NOTA: Em Parintins ( AM):
Encenação - No Festival, os dois grupos contam a história do Pai Francisco e sua esposa, a Mãe Catirina, que está grávida e tem o desejo incontrolável de comer língua de boi. Pai Francisco mata o melhor boi da fazenda para satisfazer o desejo da esposa. Pai Francisco seria levado à cadeia, mas a história tem um final feliz, com o “Boi” sobrevivendo graças aos rituais do pajé. Pai Francisco é perdoado e tudo acaba numa enorme festa celebrando a vida do “Boi”. Isso tudo é representado nos três dias de festas para toda a população.
O Festival  aborda diversas temáticas, principalmente a cultura regional: como os rituais indígenas, as danças tribais, costumes dos ribeirinhos e as lendas, representado por meio de encenações, alegorias lendas, bonecos e trajes. É muito parecido com o carnaval, mas é uma festa mais regionalizada.
Visualizado em 18/02/ 2014 em:http://www.turminha.mpf.mp.br/nossa-cultura/folclore/copy_of_festa-do-boi
,

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Paz de Espírito

No Ano Novo é comum as pessoas optarem por vestir roupas brancas. Vestimos branco  almejando um ano de paz. Pedimos paz exterior quando, muitas vezes, o caminho inverso faz -se necessário, A Paz tem que brotar de dentro de nós e então modificar o ambiente exterior. Segundo o site,http://www.significados.com.br/cor-branca/, a cor branca significa paz, pureza e limpeza. É também chamada de "cor da luz" porque reflete todas as cores do espectro. A cor branca reflete todos os raios luminosos proporcionando uma clareza total.

O branco é símbolo da paz, da espiritualidade, da inocência e da virgindade. Na cultura ocidental a cor branca está associada à alegria, enquanto no oriente está associada à morte, ao luto e à tristeza.

A cor branca também simboliza a virtude e o amor a Deus. É uma cor que sugere libertação, que ilumina o lado espiritual e restabelece o equilíbrio interior.
Por isso, admiro as flores brancas em meu caminho: elas me lembram que só depende de mim.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Filosofando em lilás

Quando eu fazia uma das minhas pós graduações, o professor de Filosofia disse que podemos filosofar em todo canto. Nesse dia, pensei que eu filosofo enquanto dirijo. Como não filosofar quando encontro estas flores em meu caminho! Acredite, ...eu estaciono o carro e fico admirando a árvore e suas flores. Pesquisando sobre a cor destas flores, veja o que descobri:O lilás é um roxo pendendo mais para o azul. Significa espiritualidade e intuição, portanto, uma cor metafísica. É a cor da alquimia e da magia. Ela é vista como a cor da energia cósmica e da inspiração espiritual. A cor lilás é, segundo místicos, excelente para purificação e cura dos níveis físico, emocional e mental. Ajuda a encontrar novos caminhos para a espiritualidade e a elevar nossa intuição espiritual.

Lilás simboliza respeito, dignidade, devoção, piedade, sinceridade, espiritualidade, purificação e transformação.

O lilás representa o mistério, expressa sensação de individualidade e de personalidade, associada à intuição e ao contato com o todo espiritual. É aconselhável para locais de meditação.
Visualizado em:http://www.significadodascores.com.br/significado-do-lilas.php

Bom dia a todos!